Oriente - Transporte de Jundiaí

Notícias

Principais Cidades para Excursão no Brasil!

29/1/2018

Principais Cidades para Excursão no Brasil!

O Brasil está repleto de opções para os viajantes e as cidades turísticas mais conhecidas nem sempre já foram visitadas por todos, então está mais do que na hora de tirar este atraso, não é mesmo? Para te ajudar nesta árduatarefa de escolha,  selecionamos algumas opções em quatro regiões brasileiras.

 

 

Curitiba, Paraná



Curitiba é uma cidade com forte influência de imigrantes europeus que até hoje fazem questão de manter seus costumes e suas tradições, o que só agrega mais cultura à cidade. Há inúmeras atrações turísticas como parques, igrejas, museus e etc.



Mas alguns passeios são imperdíveis como estes a seguir: ir ao Teatro Ópera de Arame e Jardim Botânico, visitar o Museu Oscar Niemeyer, caminhar pelo Parque Barigui e Parque Tanguá, conhecer o Memorial Ucraniano, ir ao Bosque Alemão, conhecer a Arena da Baixada, caminhar pelo centro da cidade, fazer compras na Feira de Arte e Artesanato do Largo da Ordem que funciona aos domingos e há de tudo um pouco, de comidas, recordações de viagem, artesanatos até móveis para casa. Quem tiver a sorte de ter um tempo extra, pode aproveitar para fazer um passeio de trem pela Serra do Mar até a cidade de Morretes e provar o típico prato chamado barreado, vale muito a pena.



Falando em prato típico, em Curitiba as cantinas italianas do bairro Santa Felicidade são uma atração turística, não somente pelas comidas servidas, mas por toda atmosfera que envolve o lugar. O Centro da cidade e o bairro Batel oferecem uma grande variedade de bares e restaurantes, de todos os tipos de comidas.



Os meses de alta temporada em Curitiba são março devido ao Festival de Teatro e dezembro devido às apresentações de Natal, bom para quem viaja com crianças.

Independente da época escolhida para viajar, conheça Curitiba e descubra por que ela já foi eleita a melhor cidade do Brasil!  



Salvador, Bahia



Primeira capital do país, hoje capital da Bahia, Salvador é uma mistura de história, cores, música, África e um pouco de dendê!



A cidade que é dividida em duas partes, a cidade alta e a baixa, encanta não somente aos brasileiros, mas gente do mundo todo. Também pudera, é em Salvador que acontece um dos carnavais mais famosos do mundo quando multidões se reúnem atrás dos trios elétricos, de preferência no percurso Barra Ondina onde estão as melhores atrações. Outras festas populares são a Festa de Iemanjá e Festa do Senhor do Bonfim, mas em uma cidade com sol durante quase o ano inteiro e gente feliz, sempre há motivo para festejar.



O Pelourinho, coração cultural da cidade, é a cara de Salvador e caminhar por suas ruas descobrindo museus, visitando ateliês, conhecendo as igrejas históricas é item obrigatório em uma viagem a capital baiana. Declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, o Pelourinho deslumbra os visitantes com seus casarões coloridos dos séculos 17 e 18. Há muitas igrejas em Salvador, mas a Igreja Nosso Senhor do Bonfim é a mais conhecida de todas devido a tradicional Lavagem do Bonfim, comemoração que começa com as baianas jogando água nos degraus da igreja e termina com uma grande festa que dura o dia todo. O tradicional Mercado Modelo é bom para comprar recordações de viagem, há artesanatos típicos, roupas, artigos religiosos e compensa muito negociar o preço antes de comprar. O Elevador Lacerda, cartão postal de Salvador, faz a ligação entre a parte alta e baixa da cidade e o trajeto dura apenas 20 segundos.



Depois de caminhar bastante, é hora de conhecer e relaxar nas praias, normalmente com águas mornas, as mais conhecidas são: Flamengo, Stella Maris, Itapuã (eternizada por Vinícius de Moraes na música “Tarde em Itapuã”) e Porto da Barra.



E para deixar a viagem completa Salvador te convida a provar receitas gastronômicas típicas, que incluem uma mistura de ingredientes africanos, indígenas e portugueses. Muitos pratos a base de pescados como moqueca e bobó, mas o mais autêntico de todos é o bolinho de acarajé. A palavra acarajé é de origem africana e quer dizer “comer bola de fogo”, ou seja, pela tradução você já imagina o que vem pela frente. Agora é só escolher um restaurante de comida baiana ou mesmo uma barraquinha de rua, sentar, saborear a iguaria que representa a história de um povo e quem sabe até descobrir o que é que a baiana tem!



Florianópolis, Santa Catarina



Com belíssimas praias e badalação de dar inveja a muita cidade por aí, Florianópolis desponta como um dos destinos brasileiros mais visados pelos gringos durante as férias. Em pesquisa divulgada pelo Ministério do Turismo, a capital catarinense recebeu em 2016 mais de 6,6 milhões de visitantes estrangeiros com propósito de lazer, ficando atrás somente do Rio de Janeiro. Composta por uma ilha principal, além da parte continental e ilhas menores, Florianópolis abriga hoje cerca de 470 mil habitantes e não sem motivos é conhecida como Ilha da Magia.



São 42 praias que garantem o sucesso do local (mas o governo catarinense afirma que esse número é ainda maior, chegando na casa das 100). Com infraestrutura de cidade grande, mas ares de tranquilidade, Florianópolis tem praias para todos os tipos de turista e quando o assunto é mar, gente bonita e areia fofa não há como sair decepcionado da região.



Para quem quer ver e ser visto, a melhor opção é a famosa Jurerê Internacional. Apesar de não ser uma das mais bonitas, a praia está situada em uma região que tem ares de exterior, com mansões sem muros ou portões. Lá a diversão é garantida com muitos bares, baladas e gente jovem e bonita. A Praia Mole também é uma boa pedida para aqueles que curtem agito, comportando muitos bares à beira-mar que, inclusive, tocam música ao vivo. Já para os amantes do surfe há a Praia da Joaquina e a Praia Brava, entre outras, enquanto os praticantes do nudismo não podem perder a Praia da Galheta. Para quem gosta de história, a Praia do Santinho conta com inscrições rupestres feita por pescadores há mais de 5 mil anos!



Agora para aqueles que querem um visual caribenho, a melhor escolha é a Ilha do Campeche que fica bem em frente à Praia do Campeche. Lá você provavelmente encontrará as águas mais cristalinas da região. Por fim, a Lagoinha deve ficar no radar dos turistas que viajam no clima família. Isso porque a praia é cercada por costões e, em razão disso, tem águas calmas e quentes.



Canela, Rio Grande do Sul



Canela está localizada na Serra Gaúcha, estado do Rio Grande do Sul e é vizinha da famosa cidade de Gramado. As duas estão a apenas 7 km de distância, tão próximas que é capaz dos visitantes transitarem entre elas e nem perceberem que mudaram de cidade. As duas se completam, qualquer viagem para a região inclui conhecer tanto Gramado como Canela.



Uma cidade com arquitetura típica da época da colonização europeia e gastronomia idem.



Para quem quer conhecer a culinária alemã, em Gramado ou em Canela terão uma boa oportunidade. Prepare-se para saborear pratos típicos e sobremesas de dar água na boca como a torta de maça (apfelstrudel) servida com creme de nata ou sorvete. Vinhos e cervejas alemãs também fazem parte do cardápio. Os cafés coloniais estão na maioria dos restaurantes com uma grande variedade de quitutes, tudo com muita fartura. Em Canela acontece o festival gastronômico Sabores de Canela onde restaurantes criam pratos diferenciados, todos à base da especiaria. Antes de programar a viagem, vale conferir a data do festival.



Canela consegue agradar todo tipo de viajante, do idoso ao jovem, mas as crianças com certeza ficarão encantadas com tanta oferta de parques e chocolates. Falando em chocolate, há diversas lojas e fábricas com chocolates de todos os tipos, difícil será manter a dieta nessa viagem!



Fonte: Quanto custa viajar.